Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha praticamente estável

Nova York, 26 set (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em leve baixa de 0,05% e chegou a seu quarto pregão consecutivo em queda, o que não acontecia desde junho.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 11,77 pontos e ficou com 22.284,32. O seletivo S&P 500 subiu 0,01%, para 2.496,84 pontos, e o índice composto da Nasdaq avançou 0,15% e fechou aos 6.380,16.

Além de monitorarem as ameaças mútuas entre os governos de Estados Unidos e Coreia do Norte, os investidores repercutiram um discurso da presidente do Federal Reserve (Fed), Janet Yellen, em que ela admitiu que o banco central americano pode ter interpretado mal a força do mercado de trabalho do país e suas previsões sobre a inflação.

Outro fator que pesou para o desempenho da bolsa foi a divulgação, por parte do Departamento de Comércio, de que a venda de novas residências caiu 3,4% em agosto, para um ritmo anual de 560 mil unidades, o nível mais baixo em oito meses.

No Dow Jones, as quedas mais significativas foram das ações de McDonald's (-1,86%), Walt Disney (-0,94%), Verizon (-0,78%), General Electric (-0,72%), Merck (-0,64%), Pfizer (-0,59%), JPMorgan Chase (-0,45%) e Chevron (-0,40%),

As altas mais expressivas foram dos papéis de Apple (1,72%), Nike (0,88%), Intel (0,83%), American Express (0,54%), UnitedHealth (0,50%), IBM (0,47%), United Technologies (0,38%), Wal-Mart (0,30%) e Caterpillar (0,15%).

No fechamento da jornada de negociações, a onça do ouro caía para US$ 1.298,40, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos aumentava para 2,236%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos