ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Santander incentiva empreendedorismo com prêmio e "celebra a criação"

07/11/2017 21h33

São Paulo, 7 nov (EFE).- O Santander entregou hoje prêmios para projetos de microempreendedores, startups e universitários com intenção de "celebrar criação" e "exaltar os que superam intempéries", segundo o presidente da unidade brasileira do banco, Sérgio Rial.

"A intenção do evento é celebrar a criação, exaltar aqueles que superam todas as intemperies para desenvolver algo novo; esse tipo de pessoa que projeta, cresce e trabalha sério é quem faz crescer a sociedade e nossa banco", disse Rial durante a premiação.

Para o executivo, o banco quer promover a criatividade e o empreendedorismo através do incentivo à educação.

"A educação é a única maneira de transformar a sociedade e fazer crescer projetos e serviços que a tornem mais justa, coerente e humana e o Santander deseja fazer parte desse apoio educacional às universidades, ainda que seja com uma pequena participação", destacou.

A premiação tem como tema a "jornada do empreendedor" e foca em todas as etapas para desenvolvimento de iniciativas empreendedoras, incluindo a participação estudantil e os envolvidos na parte operacional do projeto.

O vencedor da premiação na categoria "Universitários" foi a empresa Lunix, que apresentou um aplicativo para gestão de energia elétrica.

Na categoria microempreendedor, quem venceu foi a Universidade Federal do Alagoas (UFAL), que apresentou o melhor projeto para estimular pequenos negócios através do microcrédito e capital de giro.

A startup premiada foi a Preço Certo, plataforma pra que os donos de pequenas empresas possam precificar seus produtos corrretamente, com lucratividade e competitividade a partir dos valores de mercado que formam o banco de dados da ferramenta.

Os premiados farão curso na Babson College, em Boston, Estados Unidos, considerada melhor escola de empreendedorismo do mundo.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia