Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,17%

Nova York, 10 nov (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,17%, com o mercado na expectativa por notícias de Washington sobre a anunciada reforma tributária nos Estados Unidos.

Ao término do pregão, o Dow Jones perdeu 39,73 pontos e fechou aos 23.422,21. O seletivo S&P 500 caiu 0,09%, para 2.582,30, e o índice composto da Nasdaq subiu 0,01% e fechou aos 6.750,94, ficando a apenas 30 pontos do recorde que estabeleceu na última quarta-feira.

No Dow Jones, as altas mais expressivas foram das ações de General Electric (2,60%), Walt Disney (2,05%), Caterpillar (0,88%), Travelers (0,71%) e Walmart (0,70%).

As quedas mais acentuadas foram dos papéis de Intel (-1,56%), Merck (-1,25%) e McDonald's (-0,84%).

Wall Street reagiu nesta sexta-feira negativamente, pelo segundo dia consecutivo, à proposta de reforma tributária que está sendo analisada no Senado americano, diferente do projeto inicialmente informado pela Câmara dos Representantes.

O ponto principal do projeto estende até 2019 a entrada em vigor de uma redução do imposto sobre os lucros corporativos, dos 35% atuais para 20%, uma das modificações mais aguardadas pelo mercado.

O pregão de Wall Street sabe que há pela frente várias semanas ou meses de negociações no Congresso até que seja aprovada a reforma, que vem sendo promovida pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desde sua campanha eleitoral.

Mas as divergências entre os dois textos são recebidas com incerteza por Wall Streeet, levando em conta que Trump já teve um tropeço legislativo anterior com sua tentativa de mudar o programa de saúde conhecido como "Obamacare".

Além disso, os analistas acreditam que há certo retrocesso nas posições de muitos operadores, que decidiram realizar lucros devido às altas das últimas semanas.

No fim do pregão, a onça do ouro caía para US$ 1.276,00, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos aumentava para 2,324%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos