Bolsas

Câmbio

Mazda alerta que tarifas de Trump aumentarão preços dos carros nos EUA

Washington, 28 jun (EFE).- A montadora japonesa Mazda afirmou nesta quinta-feira que a proposta dos Estados Unidos de impor tarifas sobre a importação de veículos será paga pelos consumidores americanos, que terão que gastar mais para comprar carros no país.

Em comunicado, a fabricante afirmou que apresentou essa avaliação na pesquisa lançada pelo governo do presidente Donald Trump.

"Em nome dos 32 mil americanos que sustentam suas famílias trabalhando na Mazda e as concessionárias da Mazda nos EUA, hoje enviamos comentários à pesquisa do Departamento de Comércio sobre as importações de automóveis como possível ameaça à segurança nacional", disse a montadora em comunicado.

"Uma tarifa é um imposto que será pago pelos consumidores americanos. Aumentará de forma significativa o custo de cada veículo novo vendido nos EUA, sem importar onde tenha sido produzido", afirmou a empresa em nota.

A Mazda pediu ao Departamento de Comércio para rejeitar a hipótese de que as importações de automóveis são uma ameaça para a segurança nacional americana. O governo de Trump deu um prazo de 29 de julho para receber sugestões sobre a proposta de criar a tarifa.

Ontem, a Toyota também criticou as tentativas do governo Trump de penalizar as importações de veículos produzidos fora dos EUA utilizando argumentos similares aos destacados hoje pela Mazda.

Também ontem, a Global Automakers (GA), grupo que representa fabricantes de veículos estrangeiros nos EUA, explicou que as tarifas farão com que o preço dos carros importados suba em média de US$ 5,8 mil para o consumidor final.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos