PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Barril do Texas fecha em forte baixa de 4,2%

16/07/2018 16h48

Nova York, 16 jul (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta segunda-feira em forte baixa de 4,2%, cotado a US$ 68,06, diante da perspectiva que o fornecimento de petróleo se mantenha estável nos próximos meses.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em agosto despencaram US$ 2,95 em relação ao pregão de sexta-feira passada.

A cotação do barril de referência nos Estados Unidos caiu após a divulgação de notícias que indicam que o bombeamento de petróleo não sofrerá distorções profundas nos próximos meses.

Meios de comunicação especializados divulgaram declarações do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, nas quais não descarta a possibilidade que os EUA possam considerar "exceções" nas medidas que advertiu que imporá aos que continuem comprando petróleo do Irã após a entrada em vigor das sanções contra esse país.

O mercado também recebeu com alívio os informes de que a Rússia e outros produtores de petróleo estariam dispostos a aumentar seus envios ao mercado, caso haja uma diminuição da oferta.

A Companhia Nacional de Petróleo (NOC) da Líbia anunciou no domingo que interrompia temporariamente por motivos de segurança as operações na jazida de Sahrara, que produz 160.000 barris ao dia, após o sequestro de duas pessoas durante a incursão de grupos armados a esse campo.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em agosto terminaram o dia a US$ 2 o galão, com redução de US$ 0,10, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês se mantiveram estáveis, em US$ 2,75 por cada mil pés cúbicos.