IPCA
0.13 Mai.2019
Topo

Argentina decide aumentar salário mínimo em 25%

2018-08-08T21:59:00

08/08/2018 21h59

Buenos Aires, 8 ago (EFE).- O governo da Argentina resolveu nesta quarta-feira conceder um aumento de 25% em quatro etapas ao salário mínimo, que atualmente está situado em 10 mil pesos (o equivalente a R$ 1.362), no contexto de elevada inflação que vive o país.

Depois de uma reunião com representantes de empresários e trabalhadores que terminou sem acordo, o Ministério do Trabalho informou em comunicado que decidiu que o salário base seja atualizado em 7% no mês de setembro, 6% em dezembro, 6% em março e 7% em junho do próximo ano, quando a quantia chegará a 12.500 pesos (R$ 1.702,50 em valores atuais).

Segundo os últimos prognósticos publicados em julho pelo Banco Central argentino, com base em consultas a analistas privados, a inflação interanual será de 23,7% em julho de 2019, enquanto que a esperada para este ano completo é de 31,8%, muito acima das expetativas iniciais do governo.

Mais Economia