PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Aluguel de trailer para fazer turismo e fugir da cidade ganha espaço na China

25/08/2018 10h08

Jesús Centeno.

Pequim, 25 ago (EFE).- Cada vez mais chineses apostam nos trailers e em outros tipos de carros grandes como forma de fugir do barulho das cidades nos fins de semana, contribuindo para que o país desenvolva um mercado mais próspero para fabricantes e empresas que alugam este tipo de veículo.

Esses veículos chegaram à China por volta de 2001, mas seu desenvolvimento foi gradual.

"No início, não existia a cultura do camping, os custos eram muito altos e quase não tinha infraestrutura. Embora seja um estilo de vida novo para muitos de nós, é uma tendência que a gente adora", disse à Agência Efe Wang Yingxia, que adora acampar nos arredores de Pequim e que para as suas viagens procura os carros bem equipados, para ter um pouco de liberdade.

Nos últimos anos, este tipo de turismo tem se popularizado entre a incipiente classe média chinesa, e muita gente já está capitalizando com a tendência.

"Nossos clientes são principalmente famílias que viajam com crianças, mas também atendemos casais e grupos de amigos. Raramente somos procurados por alguém que quer viajar sozinho", contou Dong Ruirui, gerente da Beiqing Daxia Fangche Hui, lembrando que seu cliente mais experiente foi um senhor de 70 anos que viajaria pela primeira vez num carro do tipo com os filhos.

Dong oferece veículos com preços que variam entre 588 iuanes (R$ 330) o dia e 3.888 iuanes (R$ 2.200) o mês.

"É certo que o mercado está em ascensão. Em comparação com o ano passado, neste verão renovamos nossa frota e faturamos dez vezes mais", contou ele, acrescentando que sua empresa deve abrir uma nova loja no sul do país.

No entanto, o diretor do site "21rv.com", Wang Jidong, disse que faltam lugares para acampar na China e espaços para as pessoas estacionarem os seus veículos com segurança, para aproveitarem a experiência. Sua empresa ajuda o interessado a montar este tipo de viagem.

Mas isso pode estrar prestes a mudar. Segundo Zhou Hai, especialista no tema, os governos já perceberam essa necessidade e estão investindo na indústria.

"Por exemplo, construindo campings, que quase quadruplicaram desde 2015", explicou.

De acordo com um plano de desenvolvimento publicado em julho pela Administração Geral de Esportes e pela Administração Nacional de Turismo, a China construirá até 2020 mais de 1.000 campings com espaço para trailers. Só na província de Gansu, o governo planeja construir 200 campings para trailers, com o objetivo de se transformar em um dos principais destinos na China.

Segundo Dong, é comum o morador de Pequim alugar carros do tipo durante vários meses para fazer viagens por províncias remotas, como Mongólia Interior e Xijiang, cujas autoridades anunciaram recentemente um investimento de 1 bilhão de iuanes (cerca de R$ 558 milhões) para construir infraestruturas e acomodar estes veículos, com a expectativa de atrair mais turistas.

"Nos desertos, nas montanhas e nas geleiras... Existem muitos lugares bons para esse tipo de turismo", disse Wang.

Gul Ablim, subdiretor da Comissão de Desenvolvimento Turístico da região, declarou que serão investidos 3,4 bilhões de iuanes (R$ 18 milhões) na construção de 77 campings. Além disso, este ano, a associação de turismo da região organizou um evento para os entusiastas dos trailers e apresentou uma rota que liga 48 lugarejos em Xinjiang.

De acordo com a rede de TV "CGTN", no final de 2017 existiam 70 mil veículos do tipo na China, e só no ano passado foram vendidos, aproximadamente, 20 mil unidades, 12% a mais do que em 2016.