PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Grécia realiza primeiro leilão de títulos do Tesouro pós resgate financeiro

29/08/2018 12h16

Atenas, 29 ago (EFE).- A Grécia realizou nesta quarta-feira o primeiro leilão de títulos do Tesouro depois do fim do terceiro programa de ajuda financeira no valor de 1,37 bilhão de euros com vencimento a seis meses e juros de 0,85%, segundo informou a Autoridade de Gestão da Dívida Pública (PMDA).

A taxa de juros foi a mesma do leilão anterior realizado em 1 de agosto.

A demanda foi de 1,19 bilhão de euros e superou em 1,37 vezes a oferta inicial de 875 milhões de euros, inferior ao leilão anterior, quando a oferta foi multiplicada por 1,52 vezes.

Com a saída do programa de resgate financeiro, a Grécia já não tem o teto de leilão de títulos do Tesouro de 15 bilhões de euros imposto pelas instituições credoras do país e que foram alcançados em 2014.

Apesar disto, o PDMA está decidido a manter este teto - o que significa que seguirá colocando no mercado títulos pela mesma quantidade dos que vencem - e inclusive reduzi-lo a médio prazo, explicou à Agência Efe uma fonte da autoridade.

A citada fonte precisou que a decisão de reduzir este teto tem a ver com a possibilidade de as taxas de juros europeias, atualmente em um mínimo histórico, aumentarem, o que teria repercussões imediatas e não desejadas sobre as taxas de juros dos títulos do Tesouro.

A Grécia dispõe de uma reserva de efetivo de 24 bilhões de euros que lhe permitirá cobrir suas necessidades de financiamento durante 22 meses sem ter de recorrer aos mercados.

Segundo a citada fonte, se a Grécia continuar só substituindo os títulos que vencem, esta reserva de dinheiro pode durar por um período ainda maior.