PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

México reitera que Canadá deve ser parte do novo NAFTA

31/08/2018 19h00

México, 31 ago (EFE).- O governo do México comemorou nesta sexta-feira o "passo adiante" dado com os Estados Unidos na renegociação do Tratado de Livre-comércio da América do Norte (NAFTA), embora tenha reiterado que o Canadá deve fazer parte do acordo.

"O México participará da negociação dos temas trilaterais, por sua vez continuará impulsionando um acordo do qual o Canadá seja parte", informaram em comunicado as secretarias de Relações Exteriores e de Economia do México.

O presidente americano, Donald Trump, notificou hoje formalmente ao Congresso sua intenção de assinar um acordo comercial com o México nos próximos 90 dias, ao qual poderia se somar o Canadá, "se desejar".

O governo mexicano definiu este gesto como "um passo adiante na formalização dos entendimentos alcançados entre México e EUA" a respeito do NAFTA, após terem chegado a um pré-acordo bilateral na semana passada.

A ministra das Relações Exteriores do Canadá, Chrystia Freeland, e o representante de Comércio Exterior dos EUA, Robert Lighthizer, não conseguiram chegar a um acordo sobre um novo NAFTA nesta sexta-feira, último dia do prazo estipulado por Trump, embora estejam previstos novos contatos na semana que vem.

Em relação a estes encontros, o Executivo mexicano afirmou que "continuará acompanhando pontualmente a negociação entre ambos os países (Canadá e EUA)".

O NAFTA está em vigor desde 1994 entre os três países e atualmente engloba mais de US$ 1 trilhão anuais em trocas comerciais.