ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,44%

11/09/2018 19h33

Nova York, 11 set (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em alta de 0,44%, após uma virada dos mercados com protagonismo do setor tecnológico, muito por causa da Apple.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York ganhou 113,99 pontos e fechou com 25.971,06. Já o seletivo S&P 500 subiu 0,37%, até 2.887,89, enquanto o Nasdaq avançou 0,61%, para 7.972,47 pontos.

Por setores, o tecnológico, de grande peso no mercado, progrediu 0,84%, embora as maiores altas tenham sido a do de telecomunicações (1,08%) e a do energético (0,98%).

Por outro lado, os que mais perderam força foram o setor de bens essenciais (-0,39%) e o de empresas de serviços públicos (- 0,35%).

O dia na bolsa começou com números vermelhos após um minuto de silêncio em lembrança dos atentados de 11 de setembro de 2011, mas os mercados se recuperaram até situar-se em terreno misto na metade do pregão e finalmente em terreno positivo no fechamento.

Apesar de seguirem causando preocupação os problemas comerciais dos Estados Unidos, que preparam tarifas contra a China, os investidores deram um impulso ao setor tecnológico, que tinha registrado dificuldade nos últimos dias.

A protagonista do dia foi a Apple, que operava em baixa desde que na sexta-feira advertiu em carta ao governo do presidente Donald Trump que suas tarifas sobre produtos chineses poderiam impactar no custo de seus produtos, com a consequente sugestão do governante para que transferisse suas fábricas aos EUA.

A empresa foi a principal impulsora do grupo do Dow Jones, onde fechou o pregão com um avanço de 2,53%, na véspera da apresentação de produtos que fará nesta quarta-feira.

Entre os 30 títulos que cotam nesse indicador se destacaram também os progressos mais tímidos de Microsoft (1,70%), Home Depot (1,50%), Exxon Mobil (1,41%), Verizon (1,11%) e Boeing (0,99%).

As maiores perdas nesse grupo foram para a Intel, que recuou 2,96%, seguida por Walt Disney (-0,98%), Goldman Sachs (-0,73%), Merck (-0,69%), e 3M (-0,54%).

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.202,20, enquanto a rentabilidade do bônus do Tesouro a 10 anos avançava até 2,979%.

Mais Economia