ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Lagarde diz que FMI está perto de acordo para antecipar repasse à Argentina

25/09/2018 22h43

Nova York, 25 set (EFE).- A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse nesta terça-feira que a instituição está perto de um acordo para antecipar as parcelas do empréstimo de US$ 50 bilhões ao governo da Argentina.

O anúncio foi feito por Lagarde depois de uma reunião com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, em Nova York, às margens da Assembleia Geral da ONU, aberta hoje.

"Tive um encontro muito bom com o presidente Macri. Estamos perto da linha de chegada para chegarmos a um acordo revisado entre a Argentina e o FMI, que está sujeito à aprovação do nosso Comitê Executivo", afirmou Lagarde no Twitter.

Em entrevista coletiva após a reunião, o ministro da Fazenda da Argentina, Nicolás Dujovne, disse que o acordo pode ser concretizado amanhã.

"O FMI está terminando o trabalho de revisão formal da proposta, vai submetê-la a uma discussão informal amanhã e, se não ocorrer nada extraordinário, estaremos de anunciar o acordo amanhã", disse.

O próprio Dujovne afirmou no início do mês que o governo da Argentina tinha como objetivo antecipar parte dos repasses prometidos pelo FMI para tentar controlar a forte desvalorização do peso. Até então, porém, a instituição não deu datas concretas para que os empréstimos ocorram.

Após a forte queda do peso em abril e maio, Macri pediu um empréstimo ao FMI para acelerar as reformas promovidas por seu governo para reduzir o déficit fiscal do país. A situação se agravou em agosto com um novo ciclo de desvalorização cambial.

Por esse motivo, o presidente argentino anunciou a necessidade de acelerar as parcelas do empréstimo. Até o momento, o FMI repassou US$ 15 bilhões do total prometido ao governo do país.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia