ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Trump pede mudanças no comércio global e defende guerra comercial com a China

25/09/2018 14h40

Nações Unidas, 25 set (EFE).- Em discurso na Assembleia Geral da ONU, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exigiu nesta terça-feira que os países façam mudanças urgentes no sistema de comércio global e defendeu a postura americana tanto no recente acordo com o México como na guerra comercial com China, por considerar que o déficit com o governo chinês "não é aceitável".

"No mês passado, anunciei um revolucionário acordo comercial entre Estados Unidos e México. Ontem, estive com o presidente (sul-coreano) Moon Jae-in para anunciar a assinatura bem-sucedida do novo acordo comercial EUA - Coreia do Sul", disse Trump ao comentar sobre a revisão do trato de 2012.

"E isso é só o início. Muitos países nesta sala concordarão que o sistema de comércio global necessita urgentemente uma mudança", acrescentou.

Trump avisou que não tolerará mais "os abusos" comerciais de outros países nem permitirá que "vitimizem" ou "enganem" os trabalhadores e empresas americanos.

"Os Estados Unidos acabam de anunciar tarifas para outros 200 bilhões de produtos chineses, totalizando US$ 250 bilhões. Tenho um grande respeito e afeto por meu amigo, o presidente (chinês) Xi Jinping. Mas deixei claro que nosso desequilibrio comercial simplesmente não é aceitável", esclareceu.

Segundo o presidente americano, "as distorções do mercado da China e a forma como elas são enfrentadas não podem ser toleradas, e os EUA sempre atuarão em prol do interesse nacional".

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia