PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Presença de drones perto da pista suspende voos em aeroporto de Londres

20/12/2018 07h59

Londres, 20 dez (EFE).- O aeroporto londrino de Gatwick mantém seus voos suspensos nesta terça-feira depois que a pista foi fechada ontem à noite pela aparente presença de dois drones nos arredores do terminal, o que afetou milhares de passageiros.

Segundo informou hoje o aeroporto, as aterrissagens e as decolagens foram suspensas às 21h de quarta-feira (horário local, 19h de Brasília) depois que foram avistados dois drones perto da pista, embora esta tenha sido reaberta por um período de 45 minutos na madrugada de hoje.

Muitos aviões foram desviados a outros aeroportos, inclusive aos de Paris e Amsterdã, enquanto as autoridades aeroportuárias pediram aos passageiros que entrem em contato com as suas companhias aéreas para se informar do status dos seus voos.

No Reino Unido é ilegal utilizar estes aparatos voadores dirigidos por controle remoto a um quilômetro dos aeroportos e há uma pena de cinco anos de prisão por colocar em perigo um avião.

Nesse sentido, a secretária de Estado de Aviação britânica, Liz Sugg, declarou hoje à emissora "BBC" que "estes drones estiveram voando ilegalmente e os operadores, que atuaram de maneira incrivelmente irresponsável, podem enfrentar até cinco anos de prisão".

"Estamos em estreito contato com o aeroporto de Gatwick e trabalhando com a polícia para resolver de maneira segura esta situação o mais rápido possível", acrescentou Sugg.

Por sua parte, o responsável de operações de Gatwick, Chris Woodroofe, disse à "BBC" que cerca de 10.000 pessoas foram afetadas pelo fechamento da pista.

A estimativa é que cerca de 2,9 milhões de pessoas passem por este aeroporto durante a atual temporada de férias natalinas. EFE