PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

China lança 1º satélite da nova rede de telecomunicações do país

22/12/2018 08h12

Pequim, 22 dez (EFE).- A China lançou na noite de sexta-feira o primeiro dos mais de 150 satélites que formarão a nova rede de telecomunicações do país, chamada Hongyun, segundo informou o jornal oficial "China Daily".

O lançamento foi realizado da base de Jiuquan, no noroeste da China, pouco antes das 8h (de sábado, no horário local; 22h de sexta-feira, em Brasília).

O satélite pesa 247 quilos e deverá operar a cerca de 1.100 quilômetros sobre a superfície terrestre, orbitando em sincronia com o Sol.

Encarregado do projeto e da operação do programa Hongyun, Xiang Kaiheng explicou que o aparelho funciona com painéis fotovoltaicas e que está preparado para durar pelo menos um ano, embora os seus criadores esperem que esse período seja maior.

Após este satélite piloto, a Corporação de Ciência e Indústria Aeroespacial da China (Casic) tem planejado lançar outros quatro antes do final de 2020, o que representaria o início da plataforma de telecomunicações com uma pequena rede de teste.

Casic anunciou o programa Hongyun em setembro de 2016. O objetivo é estabelecer uma rede espacial de telecomunicações que sirva como plataforma para a internet de banda larga, especialmente nas regiões do mundo às quais ela não chega.

A meta da organização é chegar a 2023 com mais de 150 satélites em atividade, mas Xiang afirmou que esse número pode aumentar caso a demanda de serviços exceder as expectativas.

O programa Hongyun é a resposta da China a iniciativas similares propostas pelos Estados Unidos, como Starlink, da companhia SpaceX - propriedade de Elon Musk, cofundador da Tesla -, que pretende colocar em órbita cerca de 12 mil satélites na próxima década. EFE