PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Governos de Israel e Palestina cancelam proibição mútua sobre alimentos

31/12/2018 12h05

Jerusalém, 31 dez (EFE).- Os governos de Israel e Palestina decidiram voltar atrás na decisão de proibir mutuamente a entrada de frutas e verduras provenientes destes Estados.

Uma porta-voz do Ministério de Agricultura de Israel comunicou que seu titular, Uri Ariel, suspendeu a proibição de comercializar frutas e verduras palestinas depois que seu colega da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Sufian Sultan, assegurou que permitirá a venda de cordeiro israelense no território ocupado da Cisjordânia, medida que tinha desencadeado o conflito comercial.

Em 18 de dezembro, Ariel, do partido nacionalista Lar Judeu, proibiu a entrada dos alimentos desde a Cisjordânia para Israel, após a decisão da ANP sobre a carne pela redução de preços ligados à especulação israelense, informou a agência de notícias independentes palestina "Maan".

Após o anúncio israelense, o veto foi estendido a verduras, frutas e frango.

Israel é o maior parceiro comercial dos palestinos, enquanto a Cisjordânia só representa um pequeno mercado para os produtores israelenses. EFE