PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,59%

16/01/2019 20h19

Nova York, 16 jan (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em alta de 0,59% em um pregão marcado pela divulgação dos resultados trimestrais do Bank of America e do Goldman Sachs, que alavancaram outros de títulos de companhias do setor financeiro.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 141,57 pontos e chegou a 24.207,16. O seletivo S&P 500 subiu 0,22%, para 2.616,10, e o Nasdaq Composite avançou 0,15% e fechou aos 7.034,69.

O conjunto de ações de empresas do setor financeiro teve uma forte alta de 2,2%, graças a uma reação favorável dos investidores às contas apresentadas por alguns dos principais bancos dos Estados Unidos nesta semana.

Tanto o Bank of America como o Goldman Sachs registraram aumento em seus lucros trimestral e anual. Os títulos do primeiro subiram 7,16%, e os do segundo dispararam 9,54% e tiveram sua alta mais expressiva em um pregão nos últimos dez anos.

Também se valorizaram os papéis de JPMorgan Chase (0,81%), Wells Fargo (2,66%) e Citigroup (1,32%) - que já tinham divulgado seus resultados - e os do Morgan Stanley (3,75%), que o fará amanhã.

Além dos resultados trimestrais, os investidores monitoraram com atenção temas como a longa paralisação do governo americano e a rejeição do acordo do Brexit no Parlamento britânico.

O Goldman Sachs teve a maior alta do dia no Dow Jones, seguida pelas de UnitedHealth (1,79%), American Express (1,45%) e Apple (1,22%). As piores quedas foram de Verizon (-1,76%), Pfizer (-1,45%), Coca-Cola (-1,37%) e Johnson & Johnson (-1,02%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.293,40, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em dez anos aumentava para 2,727%. EFE