PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha praticamente estável

24/01/2019 21h07

Nova York, 24 jan (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em leve baixa de 0,09%, em mais um pregão com os investidores atentos à indefinida disputa comercial entre Estados Unidos e China e às perdas causadas pela paralisação parcial do governo americano.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 22,38 pontos e agora tem 24.553,24. O seletivo S&P 500 avançou 0,14%, para 2.642,35, e o Nasdaq Composite subiu 0,68% e fechou aos 7.073,46 pontos.

O pregão reagiu negativamente à possibilidade de que as negociações entre Washington e Pequim estejam ainda longe de gerarem um pacto, como afirmou hoje o secretário de Comércio americano, Wilbur Ross.

No geral, os resultados corporativos divulgados nesta quinta-feira não foram suficientes para estimular os investidores, embora os da American Airlines tenham superado as expectativas e feito com que os títulos da companhia aérea subissem 6,35%.

A paralisação do governo dos EUA devido à falta de acordo entre o governo Donald Trump e a oposição democrata sobre o orçamento nacional também preocupa os mercados. Hoje ela chegou a 34 dias de duração, em meio a advertências de economistas sobre o impacto que tem na economia do país.

No Dow Jones, as quedas mais acentuadas foram dos papéis de Merck (-3%), Pfizer (-2,87%), Johnson & Johnson (-1,37%), United Technologies (-1,26%), Coca-Cola (-1,20%) e Verizon (-1,19%). As altas de maior destaque foram de Intel (3,80%), Chevron (1,90%) e Travelers (1,11%).

No horário do fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.280, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em dez anos diminuía para 2,714%. EFE