PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Grupo denuncia bloqueio de site para ajuda humanitária por empresa estatal

19/02/2019 14h50

Caracas, 19 fev (EFE).- A chamada Red Voluntarios por Venezuela denunciou nesta terça-feira que a empresa estatal de telecomunicações Cantv bloqueia de maneira intermitente seu site criado para tramitar ajuda humanitária solicitada pelo chefe do Parlamento, Juan Guaidó.

"Continuamos somando voluntários apesar dos obstáculos! A CANTV e Movilnet não permitem acesso ao site", disse em mensagem no Twitter a Red Voluntarios, que pediu para usar uma VPN ou ingressar desde outro provedor.

O bloqueio vem sendo reportado desde segunda-feira, mas ainda ontem era possível acessar o site desta rede.

O site foi aberto na semana passada depois de que Guaidó anunciou a formação deste movimento para quem desejasse contribuir no ingresso e distribuição de doações feitas por vários países e que foram bloqueadas na fronteira por ordem do Governo de Nicolás Maduro.

Guaidó disse que no próximo sábado a ajuda entrará na Venezuela "sim ou sim" apesar de Maduro se negar a isso e sua vice-presidente, Delcy Rodríguez, dizer que os alimentos doados são "cancerígenos".

A rede soma, segundo os últimos dados divulgados no sábado, mais de 600 mil membros.

A ajuda humanitária faz parte da rota para conseguir uma solução para a crise e uma mudança de Governo sugerida por Guaidó, que se proclamou presidente interino do país há quase um mês porque considera Maduro líder ilegítimo por vencer eleições tachadas de fraudulentas. EFE