PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Companhia italiana descobre grande reserva de petróleo no litoral de Angola

13/03/2019 13h07

Luanda, 13 mar (EFE).- A companhia italiana Eni descobriu nas águas do litoral norte de Angola uma jazida de petróleo com uma reserva estimada de entre 450 e 650 milhões de barris, informou nesta quarta-feira a companhia petrolífera estatal angolana, Sonangol.

A descoberta, localizada nas profundezas da Bacia Marítima do Baixo Congo, a aproximadamente 180 quilômetros do litoral da província de Zaire (noroeste), é uma das maiores ocorrida em alto-mar em Angola nos últimos anos.

"Os dados obtidos durante a perfuração indicam uma capacidade de produção de mais de 20 mil barris de petróleo por dia (bpd)", diz o comunicado da Sonangol.

A descoberta ajudará Angola a consolidar sua posição entre os principais produtores de petróleo do continente africano, em cujo ranking costuma alternar com a Nigéria nas duas primeiras posições.

O petróleo representa 95% das exportações e cerca de 70% das receitas da ex-colônia portuguesa, que produz em média mais de 1,4 milhão de bpd, o que na atualidade a situa apenas atrás da Nigéria (com 1,7 milhão de bpd), segundo dados da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A Eni, que está presente em Angola desde 1980, e a Sonangol serão os principais operadores desta exploração, com uma participação de 36,8% cada, seguidas por SSI Fifteen Ltd., com 26,3%. EFE