PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

México suspende operações dos aviões Boeing MAX 737-8 e 737-9

14/03/2019 03h35

Cidade do México, 14 mar (EFE).- O governo do México decidiu na quarta-feira suspender, até novo aviso, as operações internacionais e domésticas dos aviões Boeing MAX 737-8 e 737-9, de acordo com informações da Direção Geral da Aeronáutica Civil.

A decisão foi tomada com base nas informações disponíveis das autoridades aeronáuticas internacionais, disse a entidade através de um comunicado.

A autoridade aeronáutica mexicana "considera necessária a aplicação de ações que garantam a segurança e confiança dos usuários que utilizam a aeronave em nosso espaço aéreo", explicou.

Várias empresas de aviação e autoridades aeronáuticas em todo o mundo já expressaram sua posição para manter tais aeronaves no solo, acrescentou.

Além disso, ela confirmou que estará atenta para acompanhar as disposições técnicas que são emitidas pelo fabricante e pela Federal Aviation Administration (FAA), a Autoridade de Aviação dos Estados Unidos.

A medida do governo mexicano seguiu a linha da que foi tomada na última segunda-feira pela companhia Aeromexico, de suspender temporariamente as operações dos seus seis aviões Boeing MAX 737-8 até até obter informações conclusivas sobre o acidente de avião na Etiópia, no último domingo, que deixou 157 mortos.

O MAX 737 é um dos principais modelos da empresa americana Boeing, que atualmente, conta com mais de 5 mil pedidos de 100 clientes de todo o mundo e entregou 330 unidades. EFE