PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Levi Strauss voltará a ser cotada na bolsa de valores amanhã

20/03/2019 20h34

Nova York, 20 mar (EFE).- Conhecida por suas famosas calças jeans, a Levi Strauss voltará a ser cotada na Bolsa de Nova York nesta quinta-feira, oferecendo 36,7 milhões de ações a US$ 17 cada.

Dona da marca Levi's, a companhia já tinha anunciado o retorno a Wall Street em fevereiro depois de 34 anos. Com a iniciativa, a empresa dos jeans azuis quer arrecadar US$ 600 milhões.

A Levi Strauss antecipou que quer financiar melhorias do ponto de vista corporativo, despesas operacionais e para destinar parte dos recursos para promover investimentos estratégicos.

A companhia pretende diversificar sua produção e manter a liderança na produção de calças masculinas. No ano passado, o faturamento no segmento cresceu 3% em relação a 2017.

Além disso, uma das prioridades da empresa é ampliar a presença em mercados emergentes essenciais, como Brasil, China e Índia.

A China representa 20% do mercado global de roupas, mas apenas 3% do faturamento da companhia, fundada em 1853, vem do país.

Uma porcentagem das receitas que serão obtidas com a volta à bolsa também será dedicada à busca "aquisições vantajosas", mas a Levi Strauss não explica a que tipo de oportunidade se refere.

A oferta pública de venda (OPV) será gerenciada por Goldman Sachs, J.P. Morgan, Bank of American, Merrill Lyncg, Morgan Stanley e Citigroup. EFE