PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,26%

16/04/2019 18h29

Nova York, 16 abr (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em alta de 0,26% em mais um pregão marcado pela divulgação de resultados trimestrais de companhias com grande peso no mercado nova-iorquino.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 67,89 pontos e chegou a 26.452,66. Já o seletivo S&P 500 avançou 0,05%, até 2.907,06, enquanto o índice composto da Nasdaq subiu 0,30%, para 8.000,23 pontes.

Por setores, o financeiro foi o mais beneficiado (1,37%), na frente do energético (0,64%), do industrial (0,59%) e do tecnológico (0,49%), enquanto o mais prejudicado foi o imobiliário (-2,38%).

O pregão nova-iorquino teve uma boa sessão desde o princípio, impulsionado por resultados empresariais melhores que os previstos pelos analistas de Wall Street, embora minutos antes do fechamento o S&P 500 quase tenha passado pro lado negativo.

O Bank of America, segundo maior banco comercial do país por ativos, marcou um recorde de lucro no primeiro trimestre, US$ 7,311 bilhões (+5,7%), mas fechou com um retrocesso de 0,10%, diante da perspectiva de que sua receita por juros líquidos desacelere seu crescimento.

Por sua parte, a Johnson & Johnson avançou 1,10% após reportar um lucro de US$ 3,749 bilhões, ainda que tenha sido 14% menor que nos três primeiros meses de 2018, em parte pelo aumento das despesas legais com os litígios vinculados a denúncias de que havia amianto em seus talcos para bebês.

Já a Unitedhealth ganhou US$ 3,557 bilhões no primeiro trimestre de 2019, uma alta anualizada de 21% e em linha com o esperado, mas foi a mais prejudicada no grupo do Dow Jones depois que sua direção alertou sobre as propostas democratas de seguro médico "para todos".

No grupo de 30 empresas que cotam no Dow Jones, a maior perda foi da UnitedHealth (-4,01%), seguida por Pfizer (-2,78%), Walt Disney (-1,62%) e Merck (-1,24%).

Mesmo assim, os lucros predominaram e foram liderados pela Boeing (1,67%), cujos títulos subiram depois que a autoridade aérea dos Estados Unidos disse em um relatório que a atualização do software do 737 Max é "adequada operacionalmente".

Outras empresas que se destacaram no lado positivo foram Caterpillar (1,27%), DowDuPont (1,25%), American Express (1,22%) e Travelers (1,13%).

Em outros mercados, a onça do ouro caía para US$ 1.279,6, enquanto a rentabilidade do bônus do Tesouro a 10 anos avançava até 2,592%. EFE

PUBLICIDADE