PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em baixa de 0,39%

22/05/2019 18h02

Nova York, 22 mai (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,39%, afetado mais uma vez pelas tensões comerciais entre Estados Unidos e China e pela queda das ações da fabricante de processadores Qualcomm.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 100,72 pontos e agora tem 25.776,61. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,28%, até 2.856,27, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 0,45% e fechou aos 7.750,84 pontos.

As preocupações com o confronto comercial entre EUA e China voltaram a dominar o pregão, depois da divulgação de várias informações que aumentam o ceticismo sobre as possibilidades de resolução rápida do conflito.

Da parte americana, o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, disse à emissora "CNBC" que ainda não foi marcada uma data para a viagem da delegação dos EUA a Pequim para retomar as negociações.

Por sua parte, na China, o presidente Xi Jinping advertiu aos cidadãos de "uma série de situações difíceis" com "grandes riscos e desafios", em meio a informações que apontam que Pequim estaria repensando toda sua relação comercial com os EUA.

Por setores, a maior queda foi do energético (-1,58%), do de bens não essenciais (-0,90%) e do industrial (-0,82%). Já os avanços foram puxados pelo de empresas de serviços públicos (0,82%), seguido pelo sanitário (0,64%) e pelo de bens essenciais (0,55%).

Um dos focos de atenção do dia foram as ações da Qualcomm, que despencaram 10,86% após um decisão judicial contra a empresa nos EUA por restringir a concorrência e utilizar sua posição dominante para cobrar licenças.

A empresa é líder no setor de processadores para dispositivos sem fio e estratégica para o desenvolvimento da nova geração de conexão 5G.

Essa queda arrastou outros fabricantes de chips e boa parte do setor tecnológico.

Com esse pano de fundo, a Apple (-2,05%) sofreu a maior baixa entre os 30 componentes do Dow Jones, seguida por Goldman Sachs (-1,80%), Boeing (-1,66%) e Cisco Systems (-1,47%).

Do outro lado, os maiores lucros foram da Coca-Cola (2,16%), na frente de Merk (1,86%), 3M (1,46%) e Walmart (1,10%).

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.273,50, enquanto a rentabilidade do bônus do Tesouro a 10 anos recuava até 2,386%. EFE