IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Barril do Texas fecha em forte baixa de 3,3%

14/08/2019 16h49

Nova York, 14 ago (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI) fechou em forte baixa de 3,3% nesta quarta-feira, cotado a US$ 55,23, em uma sessão marcada pela preocupação dos investidores com a queda da rentabilidade da dívida pública nos Estados Unidos, o que poderia indicar uma recessão da principal economia do mundo.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em setembro caíram US$ 1,87 em relação ao fechamento de ontem. Ao longo do dia, porém, as cotações chegaram a perder mais de US$ 3,00, se recuperando perto do fim do pregão.

Dados econômicos ruins divulgados na Ásia e na Europa também preocuparam os investidores. O governo da China informou que a produção industrial do país cresceu 4,8% em julho, uma queda de 1,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, ritmo mais lento desde fevereiro de 2002, o que evidencia a fraqueza da demanda interna em plena disputa comercial com os EUA.

Já a Alemanha informou hoje um recuo de 0,1% no Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, provocado por uma queda das exportações e da produção industrial, os dois pilares econômicos do país.

Além disso, o Departamento de Energia dos EUA divulgou uma alta de 1,6 milhão de barris de petróleo nas reservas do país na última semana, a segunda consecutiva de aumento. Analistas de mercado, porém, projetavam uma queda de 2,8 milhões de barris.

Os contratos de futuros de gasolina com vencimento em setembro caíram US$ 0,06, para US$ 1,68 o galão, e os de gás natural com vencimento no mesmo mês recuaram US$ 0,01, aos US$ 2,14 por cada mil pés cúbicos. EFE

Economia