PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Petroleiro "Stena Impero" deixa porto iraniano após mais de 2 meses retido

27/09/2019 09h04

Teerã, 27 set (EFE).- O petroleiro de bandeira britânica "Stena Impero" deixou nesta sexta-feira o porto da cidade de Bandar Abbas, no Irã, onde estava retido desde julho, encerrando uma das crises entre Teerã e Londres.

A Organização dos Portos e Navegação da província de Hormozgan anunciou que o navio saiu do porto de Bandar Abbas às 9h (horário local, 2h30 de Brasília) e começou sua rota para águas internacionais no Golfo Pérsico.

O comandante e a tripulação do "Stena Impero" deram seu "compromisso formal e escrito que não têm nenhuma reivindicação", apesar da embarcação ter sido apreendida, segundo o comunicado da organização.

A nota precisou que o caso judicial contra o navio segue nos tribunais iranianos.

O "Stena Impero" foi capturado no dia 19 de julho pelos Guardiães da Revolução Islâmica (IRGC) no Estreito de Ormuz por supostamente descumprir as normas de navegação, algo negado por Londres e pela transportadora.

A retenção da embarcação, com 23 tripulantes a bordo, aconteceu duas semanas após a apreensão do petroleiro iraniano "Grace 1" pela Marinha britânica, perto da costa de Gibraltar, sob suspeita de transportar petróleo bruto para a Síria, um país sob sanções da União Europeia.

O "Grace 1", agora "Adrian Darya 1", foi liberado em meados de agosto. EFE