PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Comitê aconselha Opep+ a reduzir oferta de petróleo em mais 500 mil mbd

05/12/2019 14h33

Viena, 5 dez (EFE).- Uma comissão interna da OPEP e seus aliados (OPEP+) recomendou nesta quinta-feira que o grupo de 24 países exportadores de petróleo retire do mercado até 500 mil barris por dia (mbd) de petróleo bruto, além do corte de 1,2 milhão de barris diários atualmente em vigor.

O anúncio foi feito pelo ministro da Energia da Rússia, Alexandr Novak, em Viena, pouco antes do início da 177ª Conferência Ministerial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A medida foi recomendada pelo chamado Comitê Ministerial Conjunto de Supervisão (JMMC) da OPEC+ para lidar com a queda esperada na demanda de petróleo no primeiro trimestre de 2020, segundo Novak.

A Rússia é um dos dez produtores independentes que aderiram à organização em 2016 para defender o preço do petróleo.

Desde então, o grupo de 24 países pactuou várias reduções conjuntas nas extrações de petróleo, optando por ceder cotas de mercado a outros produtores, como Brasil, Estados Unidos e Noruega, que aumentaram a capacidade de bombeamento.

Um ano atrás, o grupo decidiu retirar 1,2 mbd do mercado e, em junho, concordou em manter essa limitação até 30 de março de 2020, mas vários representantes têm destacado que este volume tem sido insuficiente devido ao crescimento da oferta rival e a uma queda na demanda. EFE

Economia