PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Tempestade Ciara provoca uma morte e adia mais de 300 voos na Suíça

10/02/2020 16h10

Genebra, 10 fev (EFE).- A tempestade Ciara, que atinge o centro e o norte da Europa, provocou uma morte na Suíça, além de ter deixado três feridos, obrigado que mais de 300 voos fossem cancelados, além de ter provocado problemas nos transportes ferroviário e rodoviário, segundo informou a agência de notícias "RTS".

A chuva intensa e os fortes ventos, que chegam até 150 km/h em zonas altas de montanha, chegaram ao território suíço durante a tarde do domingo (hora local).

Uma consequência da passagem da tempestade foi a morte de um homem, de 36 anos, que dirigia um carro que se chocou um reboque arrastado pelo vento em uma rodovia no cantão de Freiburg.

Além disso, há registro de três feridos, um deles, um homem que foi atingido por uma porta de metal levada pelo vento na localidade de Rickenbach, no cantão de Lucerna. Outros dois se machucaram em Zurique, no momento em que tentavam desobstruir rodovia.

Só no aeroporto de Basiléia-Mulhouse (a segunda, cidade francesa que divide o uso das instalações), foram 180 cancelamentos de voos, conforme informou a administração. Já no aeroporto de Zurique aconteceram 120, enquanto no de Genebra 30.

A ventania também provocou problemas na rede ferroviária, com viagens suspensas ou adiadas, embora, a rede nacional tenha seguido funcionando sem interrupções. Ontem, uma árvore caiu sobre um vagão sem passageiros na localidade de Moutier, na região central.

A queda de árvores também provocou bloqueios em estradas do país, como no norte.

Vigora na Suíça o segundo maior nível de alerta por tormentas do pais. Em diversas regiões, da área alemã, no centro e leste, as aulas do ensino primário foram suspensas.

PUBLICIDADE