PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Fed anuncia compra ilimitada de títulos do tesouro americano

23/03/2020 16h03

Washington, 23 mar (EFE).- O Federal Reserve (Fed) anunciou nesta segunda-feira que comprará uma quantidade ilimitada de títulos do Tesouro dos Estados Unidos e títulos respaldados por hipotecas, como parte de um pacote de medidas para sustentar os mercados financeiros diante da crise provocada pela propagação do novo coronavírus.

O órgão, que é o banco central americano, indicou que adquirirá ativos "em quantidade necessária para manter um funcionamento normal dos mercados e uma execução efetiva da política monetária".

Anteriormente, o Fed havia fixado um limite de US$ 700 bilhões para as compras de ativos, indicando que seriam US$ 500 bilhões em títulos do Tesouro e o restante em títulos hipotecários.

Além disso, o Federal Reserve ainda anunciou uma série de novos programas de empréstimos, em um total de US$ 300 bilhões, que visa dar apoio às empresas e aos governos de cidades que forem mais atingidos pela paralização de grande parte da economia.

Apesar do anúncio do Fed, feito antes da abertura das bolsas de valores nos EUA, as ações abriram o dia em queda e os títulos do Tesouro, com vencimento em dez anos, também apresentaram baixa. O dólar, por sua vez, perdia terreno para outras moedas.

O principal objetivo do banco central americano é acalmar os mercados diante das perspectivas negativas geradas pelo avanço no novo coronavírus, já que um terço da população está ordenada a ficar em isolamento. No país, 35.225 pessoas foram infectadas e 471 morreram, de acordo com números não oficiais.

O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, em entrevista à rede "Bloomberg", afirmou que a taxa de desemprego nos Estados Unidos, que chegou a 3,6% neste mês, a mais baixa do século, poderia atingir 30%, devido à pandemia.

Nesta segunda-feira, a Goldman Sachs indicou que a economia americana sofrerá retração de 33% no segundo semestre.

PUBLICIDADE