PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Uber demitirá 3 mil funcionários e fechará 45 escritórios em todo o mundo

Uber - Reprodução
Uber Imagem: Reprodução

Da agência EFE, em San Francisco (EUA)

18/05/2020 19h03

A Uber demitirá 3 mil funcionários, que se somam aos 3,7 mil que foram dispensados no início do mês, e além disso, irá fechar 45 dos escritórios que mantém ao redor do mundo.

A informação consta em um e-mail que foi enviado nesta segunda-feira pela diretoria da companhia para os funcionários.

As restrições de movimentação e as medidas de distanciamento social impostas ao redor do planeta, como resposta à propagação da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, reduziram o volume de atividade da Uber.

No início de maio, a companhia dirigida por Dara Khosrowshahi já havia divulgado 3,7 demissões, por causa da crise.

No e-mail, que a agência EFE teve acesso, o CEO afirma que está trabalhando para reestruturar a Uber, concentrar o foco nos setores que são "a essência" da empresa, ou seja, o transporte de pessoas e a entrega de alimentos, deixando os outros projetos para trás.

Não há detalhes oficiais sobre quais são esses planos a serem abandonados, mas a imprensa americana cita o desenvolvimento de carros autônomos e a criação de uma rede de entregas de mercadorias.

Com a reestruturação e as demissões, a Uber prevê economizar US$ 1 bilhão, o que gerou otimismo entre os investidores, fazendo as ações da companhia subir 6%, na metade da sessão de Wall Street.

Economia