PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Secretária-geral ibero-americana faz alerta sobre crise na América Latina

28/07/2020 18h38

Madri, 28 jul (EFE).- A secretária-geral ibero-americana, Rebeca Grynspan, lançou um alerta nesta terça-feira sobre a piora nos prognósticos econômicos sobre a América Latina e cobrou que G20 intervenha no problema crítico" do financiamento dos países em desenvolvimento.

Em declarações à Agencia Efe, a costa-riquenha destacou que a Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (Cepal) piorou as estimativas para a região e apontou que deverá acontecer a pior retração do Produto Interno Bruto (PIB) em mais de um século, em 9,1%.

Gryspan lamentou que, por trás dos indicadores econômicos, ainda há "muito sofrimento" entre as pessoas.

"De 28 a 45 milhões de pessoas poderiam ficar abaixo da linha de pobreza em 2020, e até 26 milhões de pessoas poderão entrar na pobreza extrema. Isso, na América Latina, significa fome", disse a ex-vice-presidente do Banco Central da Costa Rica.

Segundo a secretaria geral ibero-americana o G20 tem um papel fundamental a cumprir na crise provocada pela pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, já que só pelo consenso dentro do grupo dos países mais ricos, poderão ser solucionados os problemas de financiamento.

"Apenas o G20 pode entrar em acordo por uma nova emissão de Diretos Especiais de giro do Fundo Monetário Internacional (FMI), a medida financeira que mais poderia ajudar agora e a que mais falta para ser feita", concluiu Grynspan.