PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Pfizer afirma que distribuição da vacina na UE deve começar de forma imediata

22/12/2020 18h31

Madri/Bruxelas, 22 dez (EFE).- O envio da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech começará "imediatamente", com "dois contêineres inicialmente" para cada país da União Europeia (UE), para que possam iniciar a vacinação nas mesmas datas, informaram à Agência Efe, nesta terça-feira, fontes da empresa americana.

"O embarque começará imediatamente e cada país receberá inicialmente dois contêineres, para que todos os estados-membros possam receber as doses no mesmo dia durante o feriado de Natal", disse à Efe um porta-voz da Pfizer na Espanha.

Em relação à mutação da SARS-CoV-2 - doença causadora do novo coronavírus -, a fonte da farmacêutica disse que a nova variante do vírus "não prejudica o lançamento da vacina", que tem capacidade de "neutralizar múltiplas cepas mutantes".

"Até o momento, encontramos uma cobertura consistente de todas as cepas testadas", disse a fonte da empresa que, junto com a BioNTech, está "gerando dados sobre como o soro de pessoas imunizadas com (a vacina) BNT162b2 pode neutralizar a nova cepa do Reino Unido".

Em comunicado, Luc Van Steenwinkel, gerente-geral da fábrica da Pfizer em Puurs (cidade belga onde a vacina é produzida para abastecimento europeu), disse estar "orgulhoso e grato" pelo fato de que "as primeiras doses das vacinas, feitas em Puurs, agora podem sair para tantos países europeus".

Depois que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) garantiu ontem a segurança e eficácia da vacina, a Comissão Europeia (CE) autorizou seu uso para que no próximo domingo os 27 países da UE comecem as campanhas de vacinação contra o vírus. EFE

clg/phg

(vídeo)