PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Prefeitura de Nova York cancela contratos com Trump por invasão ao Capitólio

13/01/2021 19h48

Nova York, 13 jan (EFE).- A prefeitura de Nova York anunciou o cancelamento dos contratos com a empresa de Donald Trump nesta quarta-feira, uma semana após apoiadores do presidente dos Estados Unidos invadirem o Capitólio, incidente que resultou em cinco mortes.

"O presidente incitou a uma rebelião contra o governo dos EUA que matou cinco pessoas e ameaçou impedir a transferência constitucional do poder", explicou o prefeito nova-iorquino, Bill de Blasio, em comunicado.

O político democrata afirmou que "a cidade de Nova York não vai estar associada de nenhuma forma a esses atos imperdoáveis e tomará medidas imediatas para dar fim a todos os contratos com a Trump Organization".

A prefeitura cancelará os contratos que tem com a empresas para operar um carrossel no Central Park, duas pistas de patinação sobre o gelo e um campo de golfe.

No dia anterior, De Blasio havia anunciado que Nova York estava estudando a possibilidade de encerrar esses acordos devido ao que ocorreu em Washington na semana passada.

Em entrevista ao canal "MSNBC", o prefeito explicou que a prefeitura considera a violência no Capitóloio um ato criminoso e que isso dá à administração o direito de cancelar os contratos, de acordo com as cláusulas incluídas nos acordos.

"Incitar a uma insurreição contra o governo dos EUA constitui claramente uma atividade criminosa", insistiu De Blasio.