PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Espanha eleva controles sanitários de entrada em aeroportos

Além de teste com resultado negativo, passageiro deverá apresentar documento certificando que foi vacinado ou que se recuperou da doença - Reuters
Além de teste com resultado negativo, passageiro deverá apresentar documento certificando que foi vacinado ou que se recuperou da doença Imagem: Reuters

29/12/2021 14h24

O governo espanhol aumentou os requisitos nos controles sanitários de entrada ao território nacional para passageiros procedentes de países considerados de alto risco, em meio à piora da situação da covid-19 na Espanha devido à variante ômicron do coronavírus.

Uma norma do Ministério da Saúde espanhol publicada nesta quarta-feira (29) estabelece os requisitos que serão solicitados a partir de quinta-feira, que incluem, além de um teste com resultado negativo, um documento certificando que os passageiros foram vacinados ou que se recuperaram da doença.

Estes certificados devem estar em espanhol, inglês, francês ou alemão, e se não for possível obtê-los nestas línguas deve ser fornecido um documento de apoio acompanhado de uma tradução para espanhol por um órgão oficial.

Os países considerados de alto risco, aqueles cuja situação epidemiológica piorou significativamente, são Botsuana, Suazilândia, Lesoto, Malauí, Moçambique, Namíbia, África do Sul, Zâmbia e Zimbábue, de acordo com as autoridades espanholas.

A Espanha atravessa uma sexta onda de contágios, com um número recorde diário de infecções e um nível de risco muito elevado, com diferentes restrições dentro do país, dependendo de cada região, em uma tentativa de travar a propagação do vírus.

PUBLICIDADE