Bolsas

Câmbio

Dyogo Oliveira evita comentar operação da PF envolvendo BNDES

Lorenna Rodrigues

Brasília

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, não quis comentar a Operação da Polícia Federal, deflagrada nesta sexta-feira, 12, que investiga supostas irregularidades no repasse de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) para a JBS. O BNDES é vinculado à pasta comandada por Dyogo.

"Não posso fazer nenhum comentário", disse o ministro, após cerimônia que marcou o primeiro ano do presidente Michel Temer no cargo.

Dyogo fez um rápido comentário sobre o período, como a redução da inflação, melhora do saldo da balança comercial e o avanço de reformas no Congresso Nacional. "Estamos agora iniciando a retomada do crescimento econômico. A partir de agora, vamos ver indicadores se tornando positivos e a economia voltando a crescer", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos