Bolsas

Câmbio

Segundo defesa, Coutinho está 'absolutamente tranquilo' sobre operação da PF

Roberta Pennafort

Rio

A defesa do ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Luciano Coutinho, um dos alvos da Operação Bullish, da Polícia Federal (PF), divulgou nota à imprensa na manhã desta sexta-feira, 12, informando que ele está "absolutamente tranquilo" em relação às investigações, uma vez que as operações do banco com a JBS não tiveram irregularidades.

Coutinho não está no Brasil, e, por isso, não foi encontrado pela PF no período da manhã. Encontra-se num seminário no exterior e volta ao País no começo da semana que vem.

A nota é assinada pelo escritório de advocacia Bottini e Tamasauskas.

"Em relação à operação realizada hoje pela Polícia Federal, a defesa do ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho vem a público afirmar que todas as operações com a JBS foram feitas dentro da mais absoluta regularidade, e Coutinho está e sempre esteve à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos solicitados por autoridades sobre a questão", diz a defesa em nota. "A defesa do ex-presidente ainda não teve acesso aos autos, mas tem convicção de que demonstrará, ao longo do processo, a lisura de todas as ações realizadas durante sua gestão."

Segundo a nota, no seu retorno ao País, Coutinho "poderá prestar todos os esclarecimentos pertinentes sobre o caso".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos