Bolsas

Câmbio

Dívida líquida pública cai a 51,9% do PIB e a bruta vai a 75,9%, maior da série

Fabrício de Castro e Fernando Nakagawa

Brasília

A Dívida Líquida do Setor Público (DLSP) desacelerou para 51,9% do Produto Interno Bruto (PIB) em abril, ante 52,3% do PIB em março. A dívida do Governo Central (Tesouro, Banco Central e INSS), governos regionais e empresas estatais terminou o mês passado em R$ 3,448 trilhões. Os números foram divulgados nesta quarta-feira, 30, pelo Banco Central.

Já a dívida bruta do governo geral encerrou o mês passado em R$ 5,045 trilhões, o que representa 75,9% do PIB. Este é o maior porcentual para a série histórica. Em março, essa relação estava em 75,3%.

No melhor momento da série histórica, em dezembro de 2013, a dívida bruta chegou a 51,54% do PIB.

A dívida bruta do governo é uma das principais referências para avaliação, por parte das agências globais de rating, da capacidade de solvência do País.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos