Bolsas

Câmbio

Alimentos aceleram no IGP-10 de junho, diz FGV

Vinicius Neder

Rio

Os preços de alimentos atingiram em cheio a inflação de junho medida pelo Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10), tanto no atacado quanto no varejo. Mais cedo, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que o IGP-10 avançou 1,86% em junho, ante alta de 1,11% em maio.

No atacado, o IPA-10 acelerou de 1,55% em maio para 2,50% em junho. O subgrupo "alimentos in natura" foi destaque, com a taxa passando de -6,23% em maio para 3,50% em junho. O preço médio das aves passou de -2,11% para 14,47%, enquanto o milho em grão passou de 2,61% para 6,61%.

No varejo, o IPC-10 acelerou de 0,26% para 0,74%, também na passagem de maio para junho. Seis das oito classes de despesa ao consumidor registraram acréscimo em suas taxas de variação. O destaque foi justamente o grupo Alimentação (0,10% para 0,98%).

"Vale citar o comportamento do item hortaliças e legumes, que variou 11,74% em junho, após registrar alta de 4,96%, em maio", diz a nota divulgada mais cedo pela FGV.

Além dos alimentos, o preço dos combustíveis pesaram na aceleração do IGP-10 em junho. No atacado, o item gasolina automotiva acelerou de 8,80% em maio para 12,74% em junho, embora o óleo diesel tenha desacelerado de 12,22% para 5,36%. No varejo, o preço da gasolina passou de 0,34% para 4,48%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos