ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

China avalia que sua economia tem enfrentado maior pressão de baixa

Pequim

31/10/2018 08h37

A economia da China está enfrentando maior pressão de baixa, em meio a uma combinação de fatores internos e externos que tem pesado no crescimento, afirmou o Politburo, principal órgão decisório do Partido Comunista chinês, segundo a agência de notícias estatal Xinhua.

Após reunião liderada pelo presidente chinês, Xi Jinping, o Politburo reconheceu que profundas mudanças vêm ocorrendo no âmbito externo e que alguns riscos que se desenvolveram por um longo período começam a vir à tona. O órgão sugeriu a adoção de mais medidas preventivas para lidar com essas questões e previu que irá demorar algum tempo para que a eficácia de algumas políticas de estabilização seja observada.

A China continuará focando dificuldades enfrentadas por empresas privada de pequeno e médio portes, afirmou o Politburo, também reiterando seu compromisso em estabilizar o emprego, as finanças, o comércio exterior, os investimentos e as expectativas de mercado.

Dados oficiais publicados no fim da noite de ontem mostraram que o setor manufatureiro da China se expandiu em outubro no ritmo mais fraco em mais de dois anos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais Economia