PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Governo dos EUA corta projeção para preço do petróleo em 2019

Nicholas Shores

São Paulo

11/12/2018 16h49

O Departamento de Energia dos Estados Unidos (DoE, na sigla em inglês) cortou a sua projeção para 2019 do preço médio tanto do barril do petróleo Brent quanto o do WTI em US$ 11, para US$ 61 e US$ 54, respectivamente. A informação consta da edição de dezembro do relatório Perspectiva de Curto Prazo para a Energia (STEO), divulgada nesta terça-feira.

"Em STEOs anteriores, vínhamos projetando pressões baixistas sobre os preços nos meses vindouros. No entanto, a queda no preço ocorreu mais rapidamente que o esperado e a magnitude foi maior que o esperado", escreve o Doe.

Levando em conta a decisão anunciada pela Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) de cortar sua produção 800 mil barris por dia (bpd) no ano que vem (sem contar os outros 400 mil barris por dia a menos acordados junto com aliados do grupo), a projeção para a produção média do cartel em 2019 é de 31,79 milhões de bpd. Neste ano, estima o governo americano, a oferta da Opep deve ficar em uma média de 32,57 milhões de bpd.

"Esperamos que a magnitude dos recentes declínios de preços combinada com os cortes de produção da Opep levarão os números de oferta e demanda de 2019 largamente ao equilíbrio, que estimamos manterá os preços próximos aos atuais níveis nos meses vindouros", diz o DoE.

Para os Estados Unidos, a projeção de produção média foi mantida em 10,9 milhões de bpd em 2018 e 12,1 milhões de bpd em 2019. Já a estimativa para a oferta do Canadá no ano que vem foi revisada para baixo, de 5,2 milhões de bpd para 5,1 milhões de bpd.

Em novembro, a produção média em território americano subiu em relação a outubro, para 11,5 milhões de bpd, informou o DoE.