PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Demanda aérea doméstica cresce 3,98% em dezembro e 4,44% em 2018

Letícia Fucuchima

São Paulo

22/01/2019 14h47

A demanda por voos domésticos (medida em passageiros-quilômetro pagos transportados, ou RPK) registrou crescimento de 3,98% no último mês de 2018 em relação ao verificado um ano antes, de acordo com o levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que reuniu dados de Avianca, Azul, Latam e Gol. Em quantidade de clientes, foram 8,6 milhões de passageiros transportados em rotas internas em dezembro, 4,23% acima do registrado em igual mês de 2017.

Já a oferta doméstica de assentos (assentos-quilômetros ofertados, ou ASK) avançou 2,65% no comparativo anual. Com a procura por voos domésticos aumentando em nível acima do verificado para a capacidade, a taxa de aproveitamento de voos domésticos subiu 1,07 ponto porcentual (p.p.) ante dezembro de 2017, chegando a 84,36%.

Segundo a associação de aéreas, as últimas estatísticas de demanda e oferta fizeram de dezembro o terceiro melhor mês de 2018, ficando atrás de julho e janeiro. Os níveis se equiparam aos registrados em 2014, antes de o setor ser abatido pela recessão econômica.

Entre as quatro maiores empresas do mercado doméstico, a Gol manteve a liderança no mês, com participação de 38,12%, seguida pela Latam, com 30,96%. A Azul ficou com 18,87% do market share doméstico no período, enquanto a Avianca - que está em recuperação judicial - obteve uma fatia de 12,05%.

Acumulado de 2018

Com esse resultado, a demanda por transporte aéreo doméstico acumulou alta de 4,44% em 2018 frente a 2017, enquanto a oferta subiu à taxa semelhante, de 4,67%. "O equilíbrio mostra a preocupação do setor de prover transporte na medida exata do apetite dos consumidores no momento", avalia a Abear.

O fator de aproveitamento dos voos ficou praticamente estável em 2018, com 81,41% (-0,18 p.p. no comparativo anual).

No ano, foram transportados 93 milhões de passageiros em voos dentro do País, quantidade 3,57% maior que a registrada em 2017.

Na abertura por companhias aéreas, a Gol ficou com 35,87% de participação de mercado em 2018. A Latam fechou o ano com 32,01%, enquanto a Azul ficou com 18,69% do market share doméstico no período. A Avianca, que está em recuperação judicial, obteve uma fatia de 13,42%.

Cargas

O transporte aéreo de carga pelas associadas da Abear movimentou 37,1 mil toneladas no mercado doméstico em dezembro, 4,0% acima do verificado em igual mês de 2017. No acumulado do ano, foram 391,3 mil toneladas de carga transportadas dentro do País (+11,80% no comparativo anual).