PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

BC da Rússia deixa juro básico em 7,75%, mas admite cortes em 2019

Sergio Caldas

São Paulo

22/03/2019 07h50

O Banco Central da Rússia decidiu manter sua taxa básica de juros inalterada em 7,75%, após concluir reunião de política monetária nesta sexta-feira, com o argumento de que a inflação do país vem se mantendo abaixo de suas expectativas.

Como resultado, o BC russo reduziu sua previsão para a inflação doméstica deste ano de uma faixa de 5% a 5,5% para o intervalo de 4,7% a 5,2%. A instituição espera que a inflação retorne para o patamar de 4% no primeiro semestre de 2020.

A autoridade monetária russa também admitiu que poderá cortar juros neste ano se a inflação e a dinâmica da economia se comportarem em linha com seu cenário.