PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

China promete reduzir custos de financiamento "substancialmente"

Pequim

16/08/2019 09h41

A China prometeu reduzir os juros de empréstimos "substancialmente" para lidar com dificuldades de financiamento enfrentados por empresas, num momento em que a segunda maior economia do mundo dá sinais crescentes de fatiga em meio a uma acirrada disputa comercial com os Estados Unidos.

O Conselho Estatal da China, que equivale ao gabinete do país, disse que pretende cortar os custos de financiamento para pequenas empresas em um ponto porcentual este ano, segundo a emissora estatal CCTV, que citou uma reunião da entidade comandada pelo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

No meio tempo, o gabinete prometeu oferecer maior apoio de financiamento a empresas com alta qualidade de crédito e que ainda recebem encomendas.

O órgão também reiterou o compromisso de aprofundar a reforma dos juros, como parte de esforços para reduzir as taxas de juros, e tornar mais transparente o processo decisório sobre juros.

Em julho, os bancos chineses reduziram a concessão de novos empréstimos para 1,06 trilhão de yuans (US$ 150,1 bilhões), de 1,66 trilhão de yuans no mês anterior. Fonte: Dow Jones Newswires.