PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Habitação sobe 0,25% e contribui com 0,04 ponto porcentual do IPCA-15 de dezembro

Daniela Amorim

Rio

20/12/2019 11h34

As famílias brasileiras gastaram 0,25% mais com Habitação em dezembro, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), o equivalente a uma contribuição de 0,04 ponto porcentual, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta foi puxada por aumentos no aluguel residencial (0,50%) e no condomínio (0,65%).

Por outro lado, a energia elétrica ficou 0,12% mais barata, embora a queda tenha sido menos intensa que a observada em novembro (-1,51%).

No mês de dezembro, passou a vigorar a bandeira tarifária amarela, que adiciona R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em novembro, estava em vigor a bandeira vermelha patamar 1, com acréscimo de R$ 4,169 a cada 100 quilowatts-hora. Além disso, houve redução nas tarifas de uma das concessionárias de Porto Alegre, a partir de 22 de novembro.

Ainda em Habitação, o gás encanado recuou 0,18%, decorrente da redução nas tarifas no Rio de Janeiro. A taxa de água e esgoto subiu 0,34%, em consequência de aumento nas tarifas em Curitiba.

O gás de botijão aumentou 0,32%, após o reajuste de 4,00% no preço do botijão de gás de 13 kg anunciado pela Petrobras nas refinarias a partir do dia 27 de novembro.