PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

China vai conceder isenção temporária de tarifas a mais produtos dos EUA

Pequim

18/02/2020 04h47

O Conselho Estatal da China, que equivale ao gabinete do país, divulgou nesta terça-feira uma lista de produtos dos EUA que poderão ficar temporariamente isentos de tarifas impostas durante a disputa comercial entre os dois países.

A iniciativa veio dias depois de o governo chinês reduzir pela metade tarifas sobre US$ 75 bilhões em importações americanas, como parte do acordo comercial bilateral de "fase 1" assinado em Washington em meados de janeiro.

Empresas na China poderão se candidatar à isenção tarifária no Ministério de Finanças a partir de 2 de março. Após a aprovação oficial, a isenção terá validade de um ano, segundo comunicado divulgado no site do ministério.

A lista de produtos dos EUA sujeitos a isenção é composta por quase 700 itens, incluindo carnes bovina e suína, soja, petróleo bruto e equipamentos médicos necessários para conter a disseminação do coronavírus na China.

As companhias devem detalhar o valor das importações que planejam fazer dos EUA, e a isenção se aplicará apenas aos montantes aprovados, informa o comunicado. Autoridades chinesas irão avaliar os pedidos de isenção até três dias úteis depois de serem submetidos.

O comunicado diz ainda que a isenção tarifária tem o objetivo de atender a crescente demanda dos consumidores na China. Fonte: Dow Jones Newswires.

Economia