PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Guedes, no ano passado, 'mais acertou do que errou', diz Maia

Pedro Caramuru e Daniel Galvão

São Paulo

19/02/2020 08h01

Resumo da notícia

  • Presidente da Camara elogiou participação do ministro da Economia na reforma da Previdência
  • Maia também comentou declarações recentes de Guedes em que justificaria a alta do dólar
  • Maia disse ainda que possibilidade de se retomar cobrança da CPMF "está no cemitério há muitos anos"

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na noite desta terça-feira, 18, que, "no ano passado, o ministro (da Economia) Paulo Guedes mais acertou do que errou". "Se teve um ministério que minimamente ajudou na reforma da Previdência, foi o da Economia", disse o parlamentar, em entrevista ao canal MyNews, no Youtube.

Maia também comentou as declarações recentes de Guedes em que justificaria a alta do dólar porque, segundo o ministro, com a moeda brasileira valorizada, tinha "empregada indo para a Disney". "Eu vi nas redes sociais que o sentimento de apoio ao governo depois das frases do ministro deu uma queda que nunca tinha dado desde o início do governo", afirmou Maia.

O presidente da Câmara afirmou também que a possibilidade de se retomar a cobrança da CPMF na reforma tributária "está no cemitério há muitos anos".

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Entenda a reforma da Previdência em 10 pontos

UOL Notícias

Economia