PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Conab reforça que continuará com programa de abastecimento de alimentos

Tânia Rabello

São Paulo

30/03/2020 17h33

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) reforçou nesta segunda-feira, 30, que continuará com seu programa de abastecimento de alimentos, entre outros serviços, mesmo diante da pandemia de coronavírus. Assim, em nota publicada nesta segunda em seu site, a estatal confirmou que seguem em operação o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que apoia a comercialização de produtos da agricultura familiar, e a Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), que garante o pagamento de subvenção a famílias extrativistas quando são vendidos abaixo do preço mínimo. "O contato com os beneficiários é feito por e-mail ou telefone", diz a nota.

No caso do Programa de Vendas em Balcão (ProVB), de venda de milho a pequenos criadores de animais, as operações também seguem em execução. A Conab informa, porém, que a recepção do beneficiário nas Unidades Armazenadoras ocorre de forma limitada a uma pessoa por atendimento, valendo a mesma regra para as sedes das regionais. "Somente está suspenso o cadastro presencial, que é realizado exclusivamente pelo Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican), no portal da Conab", diz a estatal.

Para garantir o funcionamento desses e de outros programas diante da pandemia do coronavírus, a Conab ressalta, porém, que tem adotado medidas de prevenção em todas as suas unidades, sem expor seus empregados ou a sociedade a risco de contágio. Para tanto, criou um Plano de Contingência para salvaguardar a integridade dos empregados e um Plano de Continuidade de Serviços, que estabelece pontos críticos e ações prioritárias para assegurar a ininterrupção de entregas à sociedade.

Entre as providências tomadas, está a elaboração de uma escala de revezamento dos empregados, com a utilização de equipamentos de proteção individual, além do oferecimento de álcool gel para higienização. "Todos seguem a recomendação de evitar o contato físico e de realizar as entregas a um beneficiário por vez, evitando-se aglomerações no local", orienta a Conab.

Já no programa de vendas em balcão, a recepção do beneficiário nas Unidades Armazenadoras ocorre de forma limitada a uma pessoa por atendimento, valendo a mesma regra para as sedes das regionais.