PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Caged: agropecuária abre 23.027 vagas e indústria geral, 53.590, em julho

Eduardo Rodrigues

Brasília

21/08/2020 15h30

A abertura líquida de 131.010 vagas de trabalho com carteira assinada em julho - a primeira desde a chegada da pandemia de covid-19 ao País - foi impulsionada por resultados positivos em quase todos os setores da economia, menos nos serviços.

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), houve um saldo positivo de 53.590 contratações na indústria geral em julho. Na construção civil, foram recuperadas 41.986 vagas no mês passado.

Já o comércio registrou abertura de 28.383 vagas, enquanto a agropecuária teve saldo positivo de 23.027 postos de trabalho formal.

Mais uma vez, o setor de serviços teve o pior desempenho do Caged, com a eliminação de 15.948 vagas em julho.

No mês passado 25 Estados registraram resultado positivo e apenas dois tiveram saldo negativo. Todas as cinco regiões do País tiveram abertura líquida de vagas.

O melhor resultado foi registrado em São Paulo com a abertura de 22.967 postos de trabalho. Já o pior desempenho foi do Sergipe que registrou o fechamento de 804 vagas em julho.

O salário médio de admissão nos empregos com carteira assinada subiu de R$ 1.703,68, em junho, para R$ 1.709,71 em julho.