PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Guedes 'garantiu' que obras do MCMV não serão abandonadas, diz prefeito

Minha Casa Minha Vida foi substituído pelo Casa Verde e Amarela, lançado ontem pelo governo - Eduardo Anizelli/Folhapress
Minha Casa Minha Vida foi substituído pelo Casa Verde e Amarela, lançado ontem pelo governo Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress

Nicholas Shores

26/08/2020 20h35Atualizada em 26/08/2020 21h12

O presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette (PSB-SP), afirmou ter ouvido do ministro da Economia, Paulo Guedes, a garantia de que empreendimentos em andamento pelo Minha Casa Minha Vida não serão deixados para trás pelo programa habitacional Casa Verde e Amarela, lançado ontem pelo governo federal.

Hoje, em reunião sobre imóveis populares com prefeitos de mais de 100 cidades, Guedes fez, segundo o presidente da FNP, "balanço positivo" das iniciativas do governo federal para conter o avanço do desemprego durante a pandemia do novo coronavírus, comparando-as a medidas adotadas nos Estados Unidos.

Donizette também relatou que o ministro estava "muito animado" com o quadro de juros no País, com a taxa básica em 2% ao ano.

Além disso, Guedes comentou no encontro que acharia "bom" se houver "vontade política" para unir as esferas federal, estadual e municipal em uma das propostas de reforma tributária tramitando no Congresso Nacional. Ele defendeu que os gestores municipais sejam ouvidos para "não serem prejudicados", contou o presidente da FNP.

Segundo Donizette, o ministro da Economia "respeita a individualidade de cada ente".