PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Bolsonaro cita pacote triplo de acordos de comércio e anticorrupção com os EUA

Thaís Barcellos e Eduardo Rodrigues

São Paulo e Brasília

19/10/2020 10h36

O presidente Jair Bolsonaro disse que um acordo triplo privado com os Estados Unidos há muito pedido pelo setor foi fechado "há alguns dias atrás". A declaração foi dada em discurso gravado para o evento US-Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio dos Estados Unidos. Os três acordos citados são de facilitação do comércio, de melhores práticas regulatórias e anticorrupção.

No discurso, Bolsonaro disse que sua relação com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elevou a relação entre os dois países ao melhor momento da história. O presidente ainda destacou o papel dos investimentos americanos no Brasil e citou a oportunidade do Programa de Parceira de Investimentos (PPI) para aportes dos Estados Unidos.

O presidente também disse no discurso gravado que o Brasil vai continuar sua "ambiciosa agenda de reformas", após a aprovação da reforma da previdência. Bolsonaro citou que o próximo passo é a reforma administrativa, em paralelo com a reforma tributária, que, segundo ele, trará um sistema mais racional para investidores nacionais e internacionais.

Bolsonaro ainda disse que o governo brasileiro está dando atenção especial para a promoção do comércio exterior. Ele citou ainda a iniciativa da abertura do mercado de gás. O presidente ainda disse que os biocombustíveis fazem parte da matriz energética do País, que é uma das mais limpas do mundo. "Há muito trabalho conjunto com EUA em energia limpa". De maneira geral, Bolsonaro ainda afirmou que há muito espaço para Brasil e EUA avançarem em agenda em comum. "Para futuro, queremos uma abrangente acordo comercial com os EUA."

OCDE

Bolsonaro também afirmou que o Brasil está se esforçando de maneira política e técnica para acessar a Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Bolsonaro lembrou que conta com o apoio dos Estados Unidos para o acesso do Brasil à OCDE.

"É mais uma evidência do compromisso e da responsabilidade da importância do nosso país para o sistema internacional", disse durante participação noevento.