PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Mapa não foi comunicado por chineses sobre covid-19 em suíno exportado

Aline Bronzati e Camila Turtelli

Brasília e São Paulo

31/10/2020 20h10

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) não foi comunicado oficialmente pelas autoridades chinesas sobre a alegação de que traços de covid-19 foram encontrados em embalagens de carne de suíno exportadas pelo Brasil para a China.

De acordo com a agência Reuters, o governo da província chinesa de Shandong informou ter encontrado traços de covid-19 em uma embalagem de carne suína importada do Brasil. Não foi informado o nome da empresa brasileira responsável pelo produto.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) afirmou que a embalagem pode ter sido contaminada durante o transporte. Em nota, a entidade informou que está em contato com as autoridades brasileiras para apoiar a apuração do caso.

"As informações divulgadas até aqui destacam que os traços de Covid-19 eventualmente encontrados estavam na embalagem do produto, o que indica que a contaminação deve ter ocorrido fora da unidade produtora - por exemplo, em uma das várias etapas de transporte até a chegada ao destino", destaca a ABPA, em nota.

A entidade lembra ainda que não há evidências científicas de que a carne possa transmitir o vírus. Em agosto, autoridades municipais da cidade de Shenzen disseram que uma amostra de asas de frango congeladas exportada pelo Brasil testou positivo para o coronavírus. A situação fez as Filipinas barrarem as exportações de frango brasileiro para o país.